COBRA NÃO FUMA E RAIO CAI TRES VEZES NO UBIRAJARA MEDEIROS!!!!!

01Em tarde chuvosa PSTC PROCOPENSE derrota Cascavel por 03 a 02 e consegue primeira vitória no Paranaense.  A equipe procopense, após bom jogo contra o São Paulo na última quarta, iniciou o jogo com modificações. Max entrava na defesa pela esquerda e Roni Dias iniciava à frente dos volantes e atrás dos dois atacantes, Carlos Henrique e Lucão. O Cascavel surgia bem postado, com posse de bola e centralizando o jogo em Leo Maringa, jogador experiente e de bom nível técnico. O jogo seguia igual, até com alguma superioridade do time da região oeste, mas e espírito de Didi, magistral meia da seleção brasileira nas copas de 58 e 62 rondava o Ubirajara.

Didi foi o inventor da tal folha seca! O mestre batia na bola sempre com efeito e tirava o peso da bola no meio da trajetória. Foi o que fez Roni Dias ao cobrar a falta que resultou no primeiro gol. Falta pela esquerda no campo ofensivo, a bola foi levantada e perdeu velocidade ao cair na área cascavelense e o zagueiro se perdeu por completo, propiciando o primeiro gol do zagueiro Marcão. Foi o primeiro raio.

A equipe adversária, que fazia bom jogo, chegou ao empate pouco depois em pênalti desnecessário. O jogo seguia equilibrado até que o segundo raio caiu na Vila. Falta exatamente no mesmo local, cobrança perfeita do mesmo Roni Dias e gol do mesmo Marcão! Ainda assim o PSTC não detinha o controle do jogo e sofreu novo empate em jogada do bom Leo Maringa. A igualdade no primeiro tempo mostrava o equilíbrio do jogo.

Veio o segundo tempo e o organizador de jogadas do Cascavel, Leo Maringa, já era melhor vigiado e, desgastado, já não dava volume de jogo ao adversário. Foi substituído e o PSTC se mostrava mais inteiro, melhor postado mas criava poucas chances até que Lucão escapou e foi caçado na esquerda. Caiu então o terceiro raio no Ubirajara. O mesmo Roni Dias em nova cobrança perfeita permitia ao zagueiro Marcão que desempatasse o jogo em novo cabeceio.

É absolutamente anormal um zagueiro fazer três gols num único jogo e mais inusitado ainda que isso ocorra em assistência do mesmo jogador. Roni Dias e Marcão fizeram história hoje e deveremos ser novamente destaque nos gols do Fantástico. Pelos 03 gols e pelo fato dos dois primeiros terem saído em jogadas praticamente iguais.

Pelo PSTC tivemos a defesa atuando em bom nível, com Juninho, Paulinho, Lucas Trindade e o iluminado Marcão. Max teve dificuldades na esquerda e foi expulso injustamente, Somália, Pimba e Erik fizeram bom jogo com este ultimo aparecendo pouco mais no jogo de hoje, Roni Dias encantado e decisivo, fazendo a partida quase completa e no ataque bom jogo de Lucão e Carlos Henrique incomodando o tempo todo, acreditando em todas as jogadas mas tendo uma única chance clara de gol na primeira etapa ao sair na cara do goleiro e não conseguindo abrir o placar. As entradas de Denílson, Julio Cesar e Caxambu serviram para dar consistência defensiva após a expulsão de Max, como dissemos, injusta.

PSTC reagiu no campeonato, marcou 03 pontos essenciais e agora espera, com chances reais que ocorra, a queda do segundo raio em Paranaguá no próximo domingo. O primeiro caiu ano passado quando derrotamos o Rio Branco lá, em jogo que marcou a reação da equipe em 2016. Dá pra acreditar. Ao time não falta empenho e luta mas também tem qualidades para buscar a vitória.

 

This entry was posted in Fecop, FORÇA LIVRE, Fotos, Futebol, Paranaense, PSTC Procopense, radio cornélio, radio cornélio am and tagged , , , . Bookmark the permalink.
Comente